As Peúgas do Diabo

António Costa é um caso perdido, em Moçambique os mais velhos chamar-lhe-iam Matumbo, outros naja, outros cobra, eu chamo Pândego. A normalidade democrática e institucional de um País depende da respectiva normalidade das criaturas possivelmente normais que nós tentamos eleger, ele não foi eleito e vem ao caso, mas não interessa, a usurpação de cargos é uma eleição de bígamos, é a nova era do Pernil de porco temos que nos habituar, já que a nova “direita” está num processo de ver quem está mais à esquerda temos que andar de trolha na mão para afugentar passarinhos com sapatinho chique.

Os tipos de Lisboa tem a mania de ir para o campo de sapatinho, não sei se é Prada, assim seguia mesma linha do seu anterior dono, ou se é Armani, também seguia mas não ficava bem tamanha alta costura de mobilidade social de peúga verde ao Primeiro-Ministro, mas que interessa, ele nem sabe agarrar a enxada de bom jeito, tem medo dela, vê se mesmo que foi funcionário Público a vida toda, oh Costa não foste aos cursos das novas oportunidades do teu amigo pah que malcriado, a tua falta de chá assusta as ratazanas do largo do rato.

Infelizmente, em terras de comunicação social que tem clube definido, não é preciso dizer qual é, as evidências são tantas que é só olhar para o Miguel Sousa Tavares às segundas que fala por charadas e o Professor Karamba dos domingos Mendes que está sempre a pisar caminhos presidenciais, felizmente que ninguém quer um bruxo para Presidente da República, para percebermos que estamos cercados de gente bem pensante, que sabe como resolver tudo mas não se chega à frente, meninos, tem que se assumir!

Mas eles tem funções definidas, sempre que o camarada Costa dá calinadas de altíssimo nível linguístico eles estão sempre lá, sempre para bater nas costas do menino Babush, ele não tem defeitos são só erros de percurso, ele é Deus da política e imperador do discurso oral, até surgir o Badéfice que estraga a sopa de letras do menino Costa é tudo intriga do Oposição, até se esconder atrás das saias da Constança.

26993743_10156232549861318_5357225183193449537_n.jpg

Ele, o Imperador, o Costa, o Primeiro, pode dizer tudo o que quer que a comunicação social diz que é montagem, é culpa do Passos Coelho, ups já não está, vá é culpa do Ferro Rodrigues que está de calças na mão, mas nunca é do António Charadas da Costa, ele fala do Pinhal com Pinhas, que devia ser um Pinhal com Pinhas, mas quer plantar sobreiros, finalmente Jorge Jesus pode acasalar sobreiros com Pinhais e ajudar os seus avançados com medicamentos de avançada estirpe democrática.

Força Costa! Legaliza lá de vês a Cannábis! Mete mais tabaco.

Mauro Oliveira Pires

 

A Troika de Bruxas

23031246_10212669974457402_4292561018153495808_n.jpg

 

Camaradas! Preparem as foices e os martelos!  O Halloween já passou, mas as bruxas continuam por aí, a vaguear, vociferar mas especialmente propagar demagogias bafientas. Meus caros, olhem para a foto, não tem verrugas, não tem chapéu, não tem vassoura mas a aura está sempre lá, sente-se de longe Camaradas!!!

Quando a comunicação social é tendenciosa

O povo Português é um povo formiga, parte dele pelo menos, sai da sua casa, vai tratar de fazer o seu trabalho e volta. Cuida de si, dos seus e da sua “vidinha” em geral, um povo liberal que não sabe que o é. Não indo pelos ramos da política,  vamos pelos ramos da moral. Se o povo é formiga, é trabalhador, não se costuma manifestar muito: ” Ah… Para quê caraças! Isso não mexe palha”, é uma das frases típicas da formiga, não deixa de ter razão, mas  um conjunto de pessoas, que, atenção, pode cada uma ter a sua corrente ideológica, quando sai , e não é costume, tem todo o direito de se manifestar contra o que é a inoperância deste Governo. Pois, perante tal descalabro que foi Pedrógão, onde se devia daí retirar ilações para futuro, nada aconteceu, nada ocorreu, não mexeram um dedo, uma palha nem um olho se quer! Só se deram ao trabalho de sorrir e acenar como se Pinguins se tratassem.

As manifestações pacíficas que ocorreram em Belém, dia 17 de Outubro, e na Praça do Comércio em Lisboa no passado Sábado, foram exemplos que nítidos que o povo português não é carneiro, não é mexilhão e nem é ameijoa e todo o conjunto de nomes que os comentaristas da comunicação social do regime produzem para colocar o “gado” na ordem. É sim um povo que sofre com o sistema há anos, que não tem políticos que pensem o País a longo prazo, que trace metas a longo prazo, que as queira cumprir em vez de pensar em jogos partidários e jogadas de bastidores que meio Mundo não quer saber. Se o Mundo não pára, a política Portuguesa parou no Século XX. Continua amorfa, pesada, de Jotas e gado remanescente que depois sobe para os lugares que sabemos, enfim, continuamos com o mesmo quadro de Pirómanos naquela Assembleia de 230 lugares sentados.

Todo este conjunto de manifestações é deveras importante para reforçar o dinamismo que já se criou, se um pássaro que ainda não sabe voar está a aprender, o povo profundo, não aquele dos sindicatos e dos partidos, está nessa fase. O Regime bolorento não gosta, nem o governo e a sua “Estrutura” que é de redes tentaculares por fora e que nós conhecemos muito bem.

A primeira peça da “Estrutura” é a RTP, que o governo anterior, podemos bater palmas, despartidarizou ou pelo menos tentou, já este Governo colocou a de volta aos hábitos Trés Chique do líder único, em que António Costa, aquele que tem diversos conhecimentos no ramo em questão, manda e todos lhe seguem o rasto. Por exemplo, o Diário de Notícias, o Jornal afecto ao Partido Socialista, disse no sua notícia relativa à manifestação da Praça do Comércio que: ” No local, a agência Lusa testemunhou vários cidadãos a envolverem-se em confrontos“, ora que eu saiba, tinha lá amigos na manifestação, não houve confrontos nenhuns. Apareceram tipos do partido MAS, aqueles movimentos apêndices socialistas/comunistas, a conotarem os manifestantes como elementos do PSD/CDS e a dizerem que a culpa dos actuais incêndios eram destes também. Ouve somente bate boca normal, se nos estão a acusar de uma coisa de fato de carneiro é que não podemos vestir, portanto a comunicação social quando inventa mentiras de Geometria variável, a mando de outros, para descredibilizar Movimentos independentes, onde partidos da esquerda à direita não interessam para o menino Jesus, deviam ter vergonha na cara.

Eles querem vender, não é só para obter mais “Shares”, audiências e tudo mais, é vender mentiras encapotadas de verdade, porque já sabemos que os Jornais da noite em Portugal são a fonte de “deus” de informação em Portugal. Eles não aprendem, talvez um dia aprendam, mas secalhar é tarde.

Mauro Pires

 

P.S: Foto DN.

Raquel Varela e Mariana Mortágua a mesma luta

O Mundo das artes e letras no geral é vermelho e rosa, ou de foice e martelo com cravos pelo meio, como queiram, o que interessa nesta equação é que são todos socialistas, outros com tiques mais totalitários, os vermelhos, outros com tiques totalitários escondidos por dentro mas são tremendamente fofos por fora, falo dos rosas vulgo PS( Entenda-se vermelhos o PCP). Os tiques totalitários do PCP já os conhecemos demasiado bem, os vermelhos tem sempre razão, todos estão errados, pode lhes cair um meteorito em cima que eles não mudam, continuam a ver o Mundo com senhas de racionamento e filas para a sopa. É isso que eles querem.

Além de tanto Vermelhos e Rosas não gostarem de produzir, e nem saberem o que isso é, quem sobe por métodos méritocratas é Passista, Neoliberal, fascista e Whiskas Saquetas edição limitada. Eles são Psicólogos, eles são Sociólogos, eles são Técnicos da Transexualidade da parvalhice, são eles que querem as praias todas para eles, são anti-turismo, anti iniciativa privada e a que é tem que distribuir para os seus. São estes os socialistas que se armam em capitalistas e uma delas é a Camarada Técnica Historiadora Raquel Varela. A Camarada, em tom parvalhal, disse o seguinte:” A AutoEuropa não produz riqueza(valor), só monta“, se isto não é de uma estupidez Neandertal, de uma barbaridade Sociológica podre… Como diz um filosofo cá do burgo:” Faxabor… Isto é a Peanears”, pois é claramente peanears pensar que a Camarada Raquel tem algum tipo de massa cinzenta. Talvez é a característica que a nossa Camarada Raquel Varela partilhe com o Imperador Parvalhal António Contente da Costa.

Eu acho que já nem é preciso citar dados económicos, impactos no emprego em geral entre outras coisas que a AutoEuropa tem em Portugal. Qualquer pessoa que tenha até um grau de escolaridade não muito grande, não é preciso ser uma Doutora Catedrática Varela, para se perceber que a AutoEuropa gera valor acrescentado. Só uma mente completamente alheia da realidade normal, estou a ser simpático, que me pode dizer uma coisa destas. Pergunta: QUE TIPO DE GENTE ESTAMOS A FORMAR NAS UNIVERSIDADES EM PORTUGAL? Será que a doutora Varela sabe que é com o rendimento que se gera com a venda de automóveis que a empresa paga os seus salários? A Raquel achava o quê? Que se pagavam com Caril? Chiça penico!

Falou-se tanto da Doutora Raquel, mas não falei da Mariana. Não é preciso, quando se fala da Raquel é dois em um, almas gémeas marxistas.

Mauro Pires

Costa, estás feito um ditador

O Dr.Costa, ou coisa parecida, é um verdadeiro fala barato. Diz, diz, continua a dizer e de conteúdo BOLA, pelo menos até aqui nada de transcendente e de anormal uma pessoa em si sem conteúdo não pode transmitir conteúdo nenhum, seria a lógica da batata se assim o fosse. Depois o Primeiro Ministro, custa dizer isto, usurpador, pode dizer qualquer tipo de disparate balofo mas ninguém liga, comenta, fala, esperneia ou encontra contradições. Com o Dr.Costa é tudo nas calmas, é Rei da bazófia e da comunicação social, logo pode estar descansado porque, no final de tudo, a culpa é “du Passus”, como diriam os estrábicos maçons do PS.

Se a comunicação social é um pilar, imaginem o que é terem uma estação televisiva, por inteiro, orquestrada por interesses e pela ideologia reaccionária fascista socialista. A TVI é uma estação respeitável, não se pode dizer isso é a muita gente que lá trabalha, começando em certos pivôts, “comentadores”, estes sim tem a cartilha” e até determinados directores amicíssimos de José Sócrates. Ora, propaganda barata, mesmo sem custos, o que é que se queria mais? Manda-se todas as culpas para a “direita”, para o “Passus” e está feita a debandada da manada socialista.

Só que eles deixaram rasto, pegadas, trio e cheiro. E o cheiro da aldrabice do Dr.Costa é inconfundível, aquele cheiro a vulcão prestes a explodir mas não o faz porque perderia a sua compostura cínica e com sorriso parvalhal. As culpas dos incêndios primeiro eram da trovoada seca, depois era do “Passus” e da direita neoliberal, depois foi do “coiso” e agora que a TVI vai deixar de ser órgão oficial do PS  Costa mostrou-se, revelou-se e aparvalhou-se deves. O peluche mais fofo de Portugal, com aquele sorriso esfíngico, transformara-se num Pirómano de disparos, não acertava em ninguém e agora quer acertar na Altice. Sei que ser um Khadafi é o que o Dr. Costa, quer, mas tem que ter mais requinte, mais fatos Armani, mais amigos com milhões para lhe emprestarem, assim não é Khadafi Socratiano,  é António Costa, criatura mais cínica e perigosa que este último, seu chefe de sempre, o Zé das medalhas, dos engenheiros domingais Sócrates.

Se Costa quer continuar a mentir sobre a incompetência do SIRESP, novamente adjudicado por si enquanto Ministro da Administração Interna, gastando perto de 400 milhões de euros, culpando os outros para desviar atenções e por um completa azia de comportamentos fecais devido à perda de poder num órgão de comunicação social… Costa, estás feito um ditador.

Mauro Pires

A Brigada Anti-Racismo das Esquerdas Radicais

Sempre que se usa a mioleira, a extrema esquerda acusa de racismo. Sempre que alguém tem uma ideia diferente, a esquerda acusa de Satanás. Sempre que alguém pensa fora da caixa, a esquerda logo lhe chama de Neoliberal fascista. Enquanto uns trabalham e produzem riqueza, outros gostam de maconha e o que dizem serve só para encher melões.

P.S: Explicação de foto para quem não sabe Inglês: ” Tudo o que eu diga a esquerda chamará de racismo”.

BLASFÉMIAS

Sempre que alguém tem uma ideia divergente no que concerne a minorias sejam elas quais forem, vem logo uma “Brigada Anti-Racismo” para atacar ferozmente as vozes dissonantes. O ataque que mais parece de cães raivosos enlouquecidos é sempre carregado de mimos insultuosos onde se repete até à exaustão palavras como racista, xenófobo, homofóbico e outras tretas. O objectivo é transmitir ao interlocutor sentimentos de culpa por ousar questionar as pobres minorias que simplesmente por serem minorias são uns pobres coitados postos à margem por uma sociedade capitalista. Chegamos ao ponto de não poder comentar factos. Falar mal de  criminosos é socialmente aceite se o criminoso  for branco, heterossexual , cristão, ateu ou judeu. Mas se tiver  outra  cor de pele, tendência sexual ou religião a “Brigada Anti-Racismo” vai conotar-nos de racistas, xenófobos e homofóbicos. Quem ousar dizer que o Islão é uma religião dominadora/invasora como o comprova a…

Ver o post original 648 mais palavras