A Vergonha Dos Sem Vergonha

um comentário

Só um pequeno apontamento…

A forma como os que até há bem pouco tempo, eram os amigos e fiéis de Sócrates, subitamente descobriram o sentimento da “vergonha”, após tantos anos sem nunca terem dado sinais sequer de sentirem nenhuma, nem um qualquer incómodo, por mais pequeno que fosse, só vem demonstrar que não passam, todos eles, de grandes desavergonhados.

Tão desavergonhados são, que nem um pingo de vergonha têm, pela forma tão desavergonhada, com que tentam fazer de todos nós parvos.

Em menos de 48 horas, todos eles, transitaram do grupo das gentes com muito pouca ou nenhuma vergonha, e nenhum incómodo, para o grupo das gentes com súbita vergonha e total incomodo. O que, traduzindo tudo isto, diz bem é que são uns enormes desavergonhados sem vergonha alguma.

Mas para além da rapidez com que o fizeram, é igualmente merecedor de destaque, o à vontade, desfaçatez e absoluta impunidade com que o fazem. Nasceram claramente já predestinados pra “coisa”, e por isso tudo isto lhes vem com naturalidade.

Dizem também agora que já estavam a sentir incômodo com a situação de Sócrates. Pois até pode ser, mas tal incômodo agora demonstrado, não é com toda a certeza gerado pelo facto de Sócrates ser um corrupto ladrão aldrabão. Pois isso já todos nós sabemos que ele é já ha vários anos.

Não é um incômodo por ele ser ladrão, mentiroso compulsivo, mas somente por ele se ter deixado apanhar, no desempenho dessas finas artes.

É um sentimento de “incômodo” originário na falta de vergonha demonstrada por Sócrates, pois com a falta de vergonha deles próprios, não foi, nem é, nem será nunca, com toda a certeza.

Após tudo isto, permanece a dúvida de sempre: será que é por nascerem assim sem vergonha, que estas criaturas se tornam socialistas, ou é por serem socialistas, que ficam todos uns sem vergonha?

Rui Mendes Ferreira

Anúncios

1 comentário em “A Vergonha Dos Sem Vergonha”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s