O Regresso Das Manjedouras do Regime

um comentário

Jorge Coelho está de regresso à Mota Engil.

A Mota Engil, conhecida como uma das empresas do regime, sempre foi um bom albergue para ex governantes e políticos.

Cargos de alta direção oferecidos do nada, a ex governantes, era prática generalizada dentro desta empresa. Desde oriundos do PS passando pelo PSD, até ao CDS, todos ali têm encontrado guarida., Mas no saldo geral, os oriundos do PS levam alguma dianteira.

A variação da origem da fauna acolhida, aparenta estar ligado ao tempo a que cada partido tem estado no governo. Sendo o PS o partido que mais anos tem estado no poder, é normal que tenha tb mais lugares e mais tempo sentados nas manjedouras do regime.

E como as gentes do PS, enquanto no governo, são sempre mais generosas no esbulho e na despesa, mais adeptas de grandes obras, faraónicas e muitas vezes inúteis, ou de baixa utilidade, mais amigos dos ajustes directos, mais laxistas nos orçamentos e nos controles de custos e nos cumprimentos dos orçamentos dessas mesmas obras, tudo isto lhes tem dado um melhor currículo para terem acesso a lugares sentados às mesas das manjedouras do regime.

Mas com a vinda da Troika, com as grandes obras do regime canceladas, grandes contratos com o Estado vigiados ou congelados, e com a necessidade de colocar as contas públicas em dia, a Mota Engil deixou de poder ser uma das prateleiras douradas do regime.

Sem as grandes obras públicas a serem atribuídas à Mota Engil, secou-se a torneira dos dinheiros públicos que a alimentavam. E sem dinheiros públicos a alimentar a empresa, começou a escassear alimentação na manjedoura.

E sem alimento na manjedoura, os lugares à mesa deixaram de existir ou deixaram muito simplesmente de ser atractivos.

E quando começaram a faltar as “cenouras” os coelhos abandonaram a toca, e contrariamente ao que ali era habitual, não vimos outros “coelhos” a entrarem para aqueles mesmas tocas.

A ME até então sempre tão desejada, passou a ser uma noiva sem um “dote” apetecível.

Mas agora tudo mudou. O PS regressou ao governo, a Troika foi embora, vêm aí novos fundos da UE, o PS já se entendeu com Rui Rio para a partilha do bolo das grandes obras públicas que se alinham no horizonte, e do nada, a Mota Engil volta a tornar-se numa “noiva” muito apetecível.

Noutros tempos, ainda recentes, também já estaríamos a ver o GES e a santa família a salivar-se com as novas obras, e a recrutar activamente entre as elites do regime e em algumas sedes partidárias.

Mas, com muita pena e dor de alguns, esta foi uma das prateleiras do regime que se desmoronou. E agora há menos mesas, menos gamelas e menos lugares sentados para distribuir. E com menos cadeiras por onde poder escolher, e sem possibilidade de grandes rotações, resta voltarem às cadeiras e às mesas do passado.

O dinheiro público irá voltar a correr nas torneiras, e como esperado, muito dele irá correr para a canalização da Mota Engil, e a manjedoura irá voltar a estar farta e esplendorosa de “alimentos”.

E, como é de longa tradição neste país, onde existir uma boa e farta mesa, com uma manjedoura bem alimentada por dinheiros públicos, haverá com toda a certeza um bom socialista, ou vários, a ela sentado.

Bem vindo de novo à manjedoura, perdão, à Mota Engil, Jorge Coelho. A empresa e o PS já estão de novo a precisar de ti.

NOTA:: Estou curioso por saber se a equipa do Rui Rui lá irá ter lugar à mesa, e se desta vez a Catarina e o Jerónimo também irão ter direito a alguma cadeira ou pelo menos a algumas migalhas. Quanto ao CDS, não se preocupem pois o camarada Portas, tratou de lá assegurar a sua cadeira, ainda no tempo das vacas magras.

Portas ter ido trabalhar para a ME em tempo de vacas magras, implica obrigatoriamente ter mesmo que trabalhar no duro. E só por isso, é digna de louvar a atitude corajosa do rapaz.

Rui Mendes Ferreira

Anúncios

1 comentário em “O Regresso Das Manjedouras do Regime”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s