Poderá um Presidente Norte Americano voltar a ficar orgulhoso de Portugal?

2 comentários

Foram várias as visitas de Ronald Reagan a Portugal durante os seus dois mandatos. Mas, aquela que fez em Março de 1985 foi sem dúvida alguma a mais marcante. Em 1985 Ronald Reagan discursou na Assembleia da República, como sempre irónico e ácido começou, depois de uma salva de palmas bastante calorosa, por atacar a esquerda dizendo “Muito obrigado. Peço desculpa pois parece que algumas cadeiras na esquerda estão um pouco desconfortáveis”.

Mas o que me traz a fazer este artigo não é o humor do presidente Reagan, ou apenas a sua visita, mas sim o que ele disse aos portugueses naquele dia. Algo mais português do que muitos portugueses alguma vez disseram: “Não é de espantar que de tempos em tempos alguém olhe para uma pequena nação no séc 15, que se recusou a ir na direcção das outras nações a ser destruídas pelas inúmeras guerras, e que buscavam os conflitos. Ao invés direccionaram os seus esforços para a exploração, para se aventurarem em novo mundos, se atreverem a sonhar, acreditarem neles mesmos e no futuro. E esta visão, eventualmente dobrou o tamanho do mundo conhecido

Ora, o que podemos ver aqui? Ronald Reagan diz que os portugueses eram corajosos, inteligentes, com visão para o futuro, um povo que pensava no futuro ao invés de pensar no agora. Ou seja, tudo o que nós deixamos de ser. Aquilo que nos é atribuído como um mérito, já não faz parte de nós. Hoje os portugueses votam em governos socialistas, governos que como sabemos pensam no hoje, não no amanhã. Governos que gastam todo o dinheiro dos cofres públicos, para depois outro qualquer limpar a sarjeta dos canhotos.

Somos um povo que dobra os joelhos aos caprichos da União Europeia, perdemos a nossa coragem. E quando tivemos a oportunidade de mudar o mundo, tendo um primeiro ministro que estava a inovar, a dar que falar no mundo, os portugueses voltaram a queixar-se dos sacrifícios, voltaram a apenas pensar no presente e não no futuro, e deixaram-no ir. Enfim, penso que já demonstrei toda a minha desilusão como povo português actual. Somos um povo acabado, que perdeu todas as suas virtudes. Será que as voltamos a ganhar?

Júnior Alves

Anúncios

2 comentários em “Poderá um Presidente Norte Americano voltar a ficar orgulhoso de Portugal?”

  1. Muito bom o texto. Neste dia estive à conversa com uma amiga e o interessante foi falarmos neste assunto do nosso querido Portugal. Estamos mesmo a bater no fundo. Mt obrigada..

    Enviado do meu iPad

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s