A SuperNanny da Geringonça

um comentário

Longe vão os belos tempos em que a esquerda e seus coadjuvantes mirabolantes de charadas sociais foram contra o “pacto de agressão”, as “amarras da austeridade”, o assédio “Merkolândio” e “Schaubleiano” nos assuntos de “forno” interno do País à beira mar queimado. Hoje, a Troika “fassista” canhota abanam as três cabeças como se de uma quimera obtusa fossem, aceitam tudo o que a Frau Merkel diz, o que a Europa dita, hoje Portugal é aluno de nota 19, se com Passos era de nota 16 porque falhava algumas metas do défice, a geringonça dá lhe forte e feio, empenha-se ao máximo para cumprir tudo o que lhe mandam para que a torneira continue aberta para prolongar a sua sobrevivência  no tempo até se apodrecer nos seus parcos pés de barro.

António Costa, Catarina Martins e não esquecer do disco riscado bem laminado Jerónimo, estão todos de parabéns, os Camaradas mereciam um Gremmy com bolotas e champanhe da mais alta qualidade, a não esquecer do sempre saboroso caviar que compram com o dinheiro dos outros, aquele que é produzido pelas empresas capitalistas que tanto detestam. Finalmente Catarina está no seu ambiente, é actriz por fora e Catarina nas negociações, Catarina a Grande, a Belíssima, a gritaria mor do regabofe canhoto, ela sim, dá baile ao Costa e ao Jerónimo, continua com percentagem semelhante de votos em sondagem e ajoelha-se perante Merkel, muito bem Camarada!

Palavra especial para o Dom Jerónimo do Avante Sousa, que tem mantido os seus cães de fila numa casota especial, hoje o Rei Arménio só sai da toca quando o botão é accionado, já nada Arménio dirige, hoje,  Arménio é dirigido pelo controlo remoto do Jerónimo, que por sua vez é controlado pela central nuclear Costista finalizada nos mais pomposos laboratórios do PS.

Ao António, o Costa, que não tarda dá à Costa, uma palavra pela Alquimia barata da loja dos trezentos que comprou e que aplica, os efeitos colaterais são os conhecidos por todos nós, bebedeira avançada, arrogância e malcriadez fanfarronada de pós alheios. Adiar o País para engrandecer o seu ego é digno de qualquer Imperador Romano com alguns fusíveis queimados. Espremer o investimento público deteriorando os serviços para dar esmolas às clientelas do público de sempre, é de facto algo muito inclusivo e “paritário” por parte do Partido da “igualdade”.

Resta saber se António Costa em momento de crise sabe reformar, não pode fugir para Palma de Maiorca e não me parece que se esconder atrás do Presidente do Eurogrupo seja algo credível de alguém que tem como cognome o Habilidoso. Caro Camarada, não deixe uma conta muito elevada… Não queremos chamar a Tia Merkel para ensinar aos seus coadjuvantes comportamentos éticos perante cenários alternativos à bonança, a não ser que queiram fralda… A SuperNanny Merkel resolve…

Mauro Oliveira Pires

Anúncios

1 comentário em “A SuperNanny da Geringonça”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s