Os Conselhos de Paula Bobone ao doutor Costa

7 comentários

A sempre domesticada de comportamentos fúteis, a Senhora Professora Mestrada Doutora Paula Bobone, escreveu e publicou muito recentemente um livro de “etiqueta” onde coloca mais uma vez, em folhas de papel, o seu dom cáustico de ensinar o ser humano a ser melhor dentro das suas possibilidades esotéricas de estupidez. Numa categoria estratificada de etiqueta social, com mais uns pós de construções sociais pelo meio, a Senhora Professora Mestrada Doutora no seu livro “Domesticália” ensina os empregados:” A receber, servir e tratar os patrões com bons modos”. Neste País de bons modos superficiais está o inferno cheio, são todos de pedigree, ninguém é pobre, todos tem um BMW a crédito à porta num contexto domesticálico devíamos ler a Bobone, só para.. Não nos comportarmos como ela? Acho que não chegámos a tanto camaradas…

Mas, há uma criatura que vive em Sintra, num Palacete giro, bastante IN até, muito à frente do seu tempo, onde o novo Imperador da política em Portugal, o Xor Costa, o  nova Merkel do vira à esquerda e à direita, o casa com todos e não se divorcia de ninguém,o bígamo, acho que precisa de umas lições domesticálianas da Senhora Bobone. Não é que ela possa fazer de Bobo da Corte, já que  a criatura em questão pode não ter arranjo, mas ao menos ensinar o Camarada António a ser, não sei… Mais correcto a tratar bem o bom Português! É que, caros leitores, o tempo passa e a síndrome do ouvido estalado está me a causar formigueiro, quando tal ser Humano passada na televisão em plena Assembleia da República há algo que me inquieta… Lá no fundo é “prelenamente” possível que seja só um António Costa, uma espécie de características qualificadamente amorfas.

1ª medida Boboniana:

  •     No inconseguimento de não conseguir gerar palavras lusitanas em tom de Cascais por favor dirigir-se ao Centro de Treinos de Alcochete e falar com o seu mestre linguístico.

2ª medida Boboniana:

  •    Num cenário de expulsão do Centro de Treinos de Alchochete por mau posicionamento táctico linguístico dirigir-se à Maria Helena Martins.

3ª medida Boboniana:

  •    Colocar o dinheiro em cima da mesa e ir se embora, seja feliz!

Claro que temos sempre uma amostra da desgraça, ele precisa de aulas urgentes Doutora Bobone, seja célere na execução das suas magias de Professora Karamba. Já mostrei este vídeo por aqui 2 vezes, coloca uma terceira, mais uma desgraça nunca é demais.

 

 

Para quem não tinha assistido antes entende esta mensagem que hoje escrevo? Oh Bobone fazemos uma Vaquinha Voadora e 2 bilhetes para a India, com tudo pago, tudo tudo tudo, inclusive uma mala com livros teus, talvez te domestiques também camarada.

Mauro Oliveira Pires

Anúncios

7 comentários em “Os Conselhos de Paula Bobone ao doutor Costa”

  1. Para quem leu os escritos acima e teve a paciência de ouvir o 1.º ministro nomeado, e constatou a verborreia gramatical que ele debitou para os microfones da AR e para as Televisões, palavras essas que foram legendadas durante o próprio uso da palavra dada, pronunciada e sublinhada em tal oratória, decerto que, quem o ouviu e assistiu aos sublinhadas na imagem, é de bradar aos céus Portugal ter á frente de uma geringonça por ele engendrada, um analfabeto como primeiro ministro. Isto é ridículo, é vergonhoso que embora não tenha aptidões nem vocação para o exercício daquele cargo, continue a largar “palavrões” tão grosseiras, como de grosseiro ele se vem portando ao longo destes anos. Melhor seria que ficasse calado, e desse a palavra a um porta voz, que soubesse falar português! Com esta linguagem a ser ouvido na Europa, os europeus que conhecerem a língua portuguesa e os significados de cada palavra dita, vão ficar a gozar com os portugueses. Quando um 1.º ministro assim fala, como não falarão os restantes portugueses? Se bem que este nem português é! Mas não nos comprometa senhor ministro nomeado pela esquerda radical e corrupta deste País. Uma tristeza ! Se D. Afonso Henriques, que jazz na Igreja de Santa Cruz, aqui em Coimbra, o ouvisse, ou então o Salazar, mandaria dar-lhe voz de expulsão do cargo e o regresso á India, onde é natural. E lá é que ele deveria exercer a sua inteligência (?) politica.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s