O Malcriado

2 comentários

Era um dia não muito nublado, tínhamos a ausência de tremores de terra, António Costa não estava aos saltinhos. Mas o António estava num processo neurótico e piroclástico muito avançado, dito por palavras fofas, Costa estava nervoso, queimado dos fusíveis, tinha vindo de um reunião canhota com os seus coadjuvantes de esquerda, já habitual em 2 anos de Governo. O nó da gravata estava apertadinho, de seguida Costa desaperta e fica com quilos a menos, o próximo terramoto estava adiado por mais uns tempos… Costa foi dar um passeio pela Assembleia da República, a Mortágua estava nos seus aposentos a cultivar Canábis, a Catarina estava nas redondezas, Jerónimo a preparar a festa do Avante no seu novo Smartphone, o anterior era de Staline.

Costa estava em processo de inconseguimento, queria descarregar em alguém, até que, chega Passos Coelho. Pedro Passos tinha saído de uma reunião do grupo parlamentar do PSD, tinha que se despedir dos seus deputados e da estrutura mais próxima. O Camarada Costa enche o peito, teve que encolher a barriga primeiro, e vai falar com Passos.

Costa: Oh Pedro! Sabes, eu tenho uma vontade “prelena” em te dizer(e) uma coisa…

Passos: Se é para me usurpares o isqueiro vais ter com a Catarina!

Costa: Nada disso Pedro, quero te desejar umas boas férias…

Passos: Não te aturar em debate é mel Camarada, é uma benção usurpador Costa.

Costa: Estais nervoso Pedro, tome Rennie.

Passos: Não sou eu que dou calinadas no Português e que me coliguei com canhotos do Jurássico…

Costa: A arte do malabarismo é para poucos! Só para os predestinados!

Passos: Concentra-te em comer mais Piri Piri e não beberes água, todos os terráqueos agradeciam.

Costa: Deixa estar, eu tenho o Rio, bebo de cebolada..

Passos: Bebes? Isso é discriminatório para os teus coadjuvantes Catarina e Jerónimo! Uns tu comes outros tu bebes, o Observatório das desigualdades anda cegueta!

Costa: O Rio é muito melhor que o Pedro, sabe é mais senhor!

Passos: Pronto, já vi que és invertido. Agora comes à esquerda e à direita da esquerda. Vê lá o que dás de comer ás crianças! Caril em tenra idade não parece aconselhado.

Costa achou que Passos passou dos limites e foi se embora queixar-se ao Pai todo poderoso Marcelo das Selfies em peregrinação a Belém. Ainda bem que isto é fictício, porque se não o Pacheco Pereira dizia que o Passos era malcriado, a Manuela que ele é deselegante, a Fernanda Câncio que lhe falta o doutoramento em transexuais e a Catarina que era o pior desastre desde a subida de Merkel ao poder.

Mauro Oliveira Pires

Anúncios

2 comentários em “O Malcriado”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s