O pior Governo de Sempre

Nenhum comentário

Portugal é um País tremendamente caricato mas, sobretudo, masoquista, preferem sempre o ladrão ao polícia, o veneno ao remédio, a cama de hospital à reabilitação normal. Não se pode culpar um País inteiro pela desgraça económica que andamos a 43 anos de democracia, o nosso atraso estrutural na educação faz do povo português um excelente bobo da corte para políticos que querem taxas, taxinhas, dinheiro vindo do esforço alheio para financiar a festa do seu monstro, o Estado. Não podemos esconder que ainda temos problemas estruturais na nossa economia que ainda urge resolver e que, em tempos de troika, não houve tempo para aplicar determinadas reformas que exigem mais tempo de governação. O essencial do Programa da Troika foi concluído com êxito:

  • O programa de privatizações foi concluído com sucesso, não esquecer que o PS assinou o memorando de entendimento logo concordou com as privatizações. Estas previam receitas de 6,6 mil milhões de euros aproximadamente e chegamos a mais de 9 mil milhões se não estou em erro.
  • O défice orçamental reduziu-se de 11% do PIB em 2010 para 2,98% do PIB em 2015. O défice estrutural, aquele em que se desconta o efeito do ciclo económico, caiu em média mais de 1,2% todos os anos, um ajustamento considerável e que na Europa poucos fizeram. Verdade que a fórmula de redução do défice, neste caso, 60% do lado da despesa e 40% do lado da receita não foi totalmente cumprido, mas no contexto em que temos despesa muito rígida com os interesses associados aos grupos de pressão e o Tribunal dos Direitos Adquiridos vulgo Tribunal Constitucional não ajudou em nada para a redução da despesa.
  • Os nossos défices externos crónicos transformaram-se em superávites(excedentes), apartir de 2012 até agora, algo inédito em democracia, ou seja nós financiamos o resto do Mundo com a poupança gerada pelo nosso fluxo de trocas com o exterior, somos credores em vez de devedores ao exterior, dai a nossa posição de investimento internacional(PII), que não é mais que a diferença entre os activos(posses) e passivos(dívidas) que temos estar a diminuir desde 2013 até agora.
  • Os juros da dívida a todos os prazos atingiram mínimos antes da entrada do Banco Central Europeu com as compras de dívida, permitindo o IGCP reestruturar a dívida de forma pacífica pedindo emprestado a juros mais baixos e recomprando dívida a juros mais altos, diminuindo assim os custos do nosso stock de dívida.
  • A dívida pública, depois de tirar do tapete a “porcaria”, foi colocada toda na estatística, atingiu máximos mas estabilizou e até começou a declinar, coisa que com este governo se inverteu.
  • A Economia, depois da malvada austeridade, começou a crescer( afinal a austeridade gera crescimento…), e hoje o PS beneficia da limpeza feita, tal como Cavaco aproveitou da limpeza feita por Mário Soares e o PSD do Bloco Central.

Isto foi um breve resumo do trabalho daquele que é o mauzão, ” traidor da troika”, aquele que só queria enriquecer “o grande capital”, mas que afinal salvou o País da desgraça do autocrático faraónico Sócrates e da sua trupe, que muitos, hoje, são ministros do actual governo. Pedro Passos Coelho teve dignidade e espírito de sacrifício para com o País só temos a agradecer.

António Costa beneficiou e continua a beneficiar disto tudo misturado com um conjuntura tremendamente favorável a nível internacional. Mas, vamos a contas. Lembram-se quando Passos Coelho em 2011 disse que não ia cortar nos subsídios de natal e férias? Isto, claro, antes de conhecer todos os esqueletos no armário? Bem, Passos arrepiou caminho, ainda bem claro, e teve a hombridade de dar o corpo as balas. A comunicação social caiu lhe em cima, toda, mas mesmo toda, chamou lhe tudo e mais alguma coisa, já António Costa, filho das cortes de Lisboa, fez tudo ao contrário, ainda bem para nós outra vez, e ninguém lhe cai em cima, só poucas almas caridosas é que falam. Ora, num processo de serviço público lembrei me de trazer a “Agenda para a Década” do PS para Portugal que Mário Centeno fez, vamos as contradições:

  1. Página 7 a falar do estrangulamento do investimento seja público ou privado: ” Assim, a imperiosa necessidade de assegurar o regresso de dinâmicas de convergência na zona Euro obriga a União Europeia a
    estar particularmente atenta a dois problemas:
    ao estrangulamento do investimento provocado pelo peso excessivo da dívida pública que afeta diversos países, entre os
    quais Portugal;” Ora vamos a contas, hoje o camarada António tem o governo que mais cortou no investimento público colocando a níveis do governo do Salazar. Check. Mentirosos número 1. Segundo, o investimento privado só cresce com estabilidade política, governos normais logo, e diminuição da taxa de IRC, ora Costa reverteu a reforma do IRC aprovada por Passos, Seguro e Portas. Mentiroso e incoerente outra vez.
  2. Programa eleitoral do PS, logo de inicio, declaração mais fofa e autocrática:” Este caminho não pode ser prosseguido. Portugal merece diferente
    e merece melhor. A política que consistiu em aumentar os impostos
    e cortar nos salários, nas pensões, nos apoios sociais e nos serviços
    públicos falhou redondamente.”, Oh Coooostaaa!!!!! Olha lá, tu não aumentaste impostos? Tu não estás os serviços públicos ao piores mínimos da decência? Quando cortares salários e pensões em bancarrota veremos se aguentas. A vida custa… Costa!
  3. A economia está a crescer menos que locomotiva previa… Vamos a contas outra vez!
planops21aug2015
FONTE: Agenda para a Década, PS

Ora, vamos à realidade. Como podem ver no PIB(crescimento real), a Economia cresceu em 2016 efectivamente 1,5% o PS previa 2,4%… Puff. Em 2017 a Economia vai crescer 2,6% o PS previu 3,1%… Puff. Em 2018 a média de crescimento prevista é de 2%, o PS previa 2,8%… Puff.. E a comunicação social não diz nada, não discute, não fala, não grita, só recebe a CARTILHA e siga para bingo. Se fosse o Passos? Ora a culpa é sempre do Passos, a próxima Bancarrota a culpa é do Passos, o meteorito cai na terra a culpa é do Passos! Meus caros, o PS num País normal estava enterrado, como isto não é um País normal… Siga para bingo.

Só mais um gráfico, para chatear. Os juros da dívida a 10 anos demoraram 2 anos a voltar aos valores em que Passos os deixou, é só verificarem.

juros.png

Linha preta Passos sai e entra Costa, e os juros foram de rally até quase aos 5%, só quando Bruxelas puxou as orelhas do Presidente do Eurogrupo é que ele saiu da toca. Portanto, caro Costa, és uma FRAUDE!!!

Mauro Oliveira Pires

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s