Carta aberta a António Costa

8 comentários

Caro leitor, lembra-se da mulher corajosa que foi à TVI que queria fazer um memorial ás vítimas dos incêndios de Pedrógão, Isabel Monteiro? Sim, a que queria fazer uma lista das vítimas para o efeito e a comunicação social e governo quiseram chamuscar? Bem ajudou e está a ajudar na construção de um abrigo para animais que sofreram com os incêndios e estavam ao frio, um rebanho de cabras neste caso, com ajuda imensa da nossa escritora Cristina Miranda que com um acto fantástico de cidadania os animais tem onde dormir. A sociedade civil, ou seja, na óptica em que cada um de nós, individualmente, consegue ajudar o outro sem ajudas estatais, que, como se vê, tardam e chegam a más horas, é uma grande resposta do ser individual que cada um de nós é, sinal que nos bastidores ainda se fazem coisas boas no País sem ajuda do Pai Estado que não dá o exemplo.

A Isabel escreveu uma excelente carta aberta ao Primeiro-Ministro António Costa, que quero que os caros leitores leiam e reflictam. A carta tem como base uma declaração do Primeiro-Ministro que diz que fica:” Emocionado com a capacidade dos portugueses fazerem face as dificuldades”.

Por Isabel Monteiro,

Carta aberta so Sr. Primeiro Ministro: “Sr. Primeiro Ministro, lembra-se de mim? Chamo-me Isabel Monteiro, e cometi o grave crime de pensar num memorial para as vítimas de Pedrógão: e para isso, tentei fazer uma lista dos nomes das vítimas…Está lembrado? Não votei em si, como aliás milhares de pessoas, mas pronto, o Sr. é Primeiro Ministro, e contra factos, há argumentos, mas, paciência… Vejo que nós, sociedade civil, somos uma “fonte de inspiração” para o Sr. (Curioso…não devia ser ao contrário? Não devia ser quem governa um país que devia ser um exemplo e uma inspiração, para que a cidadania seja exercida? Mas, adiante…antes que eu volte a levar com a pressão abjeta do poder político, com o insulto público do seu ilustre amigo Deputado Galamba, ou com a PJ a interrogar-me, como já aconteceu 3 vezes…)
Sobre esta sua “opiniao” A sério??? O Sr está mesmo a falar a sério? Deve ter sido muito “inspirador”, no domingo, na varanda da casa do Salgueiral, ter-nos visto a construir o abrigo para os animais: pena que não deu uns passinhos e veio cumprimentar os jovens escuteiros do Agrupamento 908 de Carnaxide que ali estavam a trabalhar ou o Eng JM Reis de Almeida, que pagou do bolso dele os materiais para construir o abrigo para os animais não continuarem a morrer, ou do Sr José Alfredo Pereira, que também contribuiu, para minimizar as perdas de centenas de vítimas, na sequência dos incêndios que mataram mais de 120 conterrâneos seus. Ainda pensei que não nos tinha visto (o que seria impossível), mas afinal, ficou “comovido” com a “inspiração” que somos…
Só uma pergunta: O papel do Pres. da Junta, um tal Sr Pinamóias (este Sr. que está a falar consigo nesta fotografia, e que tão pouco veio agradecer a quem ajuda, muito pelo contrário…ficou bastante contrariado, na véspera…) diz 65 mil euros, o empreiteiro, que é de fora (e nem aos empreiteiros locais foi pedido orçamento), afirma que aquela minúscula obra custará 40 mil €: à vítima ainda são cobrados 300€ de uma varanda minúscula, onde aliás vi o Sr com um capacete na cabeça… Em que ficamos? São 65 mil, são 40 mil….??? É que 25 mil € de diferença têm de estar em algum lado… Aproveito esta Carta Aberta para lhe perguntar como é que um Pres. da Junta, que tem várias freguesias a seu cargo, apenas considera algumas: PENEDO, SARGOMIL e outras foram esquecidas. Estou ao seu dispor para lhe enviar uma Lista das freguesias esquecidas, neste Conselho de Tondela. E porque fico orgulhosa de que considere os esforços da Sociedade Civil “Inspiradores”, também tenho andado a verificar as “112 casas restauradas nos conselhos de Pedrógão, Castanheira de Pera e Figueiró”. Não é crime, pois não? Não quero deixar de cumprir o meu dever de cidadã, ajudando-o a apurar os números reais. Mal tenha essa lista, enviá-la-ei por esta via, Sr. Primeiro Ministro: pode contar comigo. Sem outro assunto, de momento ” – Isabel Monteiro

Anúncios

8 comentários em “Carta aberta a António Costa”

  1. só quero perguntar a essa senhora aonde estava,para limpar as matas antes de pegarem fogo, tenho muita pena das pessoas que morreram, os comentários depois da casa ardida é sempre fácil,não se sirva das tristezas dos outros para fazer politiquice, um bom Natal para todos neste Mundo, por vezes ingrato

    Curtir

    1. Manuel Cerejo .Politiquice é aquilo que o sr. está fazer, ao atirar para cima dos moradores, inclusivé dos que faleceram, a responsabilidade da catástrofe que aconteceu. Leia os relatórios das entidades competentes , que está lá bem explicitado as razões de tão grave acontecimento. No mínimo tenha respeito e vergonha, por aquilo que aconteceu. Só deixo no ar uma pergunta, para sua reflexão. Foi aos moradores que o IPMA avisou, com 72 horas de antecedência, que esta calamidade podia acontecer, face ao tempo que se aproximava? Haja Deus.

      Curtido por 1 pessoa

    2. Possivelmente estava onde tu estavas.
      Lembraste-te de ir limpar a mata?
      Não. Claro.
      Não estava a arder.
      A Sra pertence a alguma empresa de limpeza de matas?
      É bombeira? E eles os bombeiros começaram a limpeza mais cedo?
      Conseguiram antecipar a consequência dos incêndios?
      Tem mas é vergonha com este tipo de perguntas.
      Cresce mais um pouquinho.

      Curtido por 1 pessoa

  2. Para o sr. Costa (não sr. Primeiro ministro porque não ganhou as eleições) foi um ano “saboroso” em caso de existir algum problema vai de férias deixa. os restantes incompetentes a desgovernar este país.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s