A arte de falar por charadas, doutor Costa apresenta-se!

Nenhum comentário

 

 

Já tinha colocado este vídeo em circulação aqui no PortugalGate  faz tempo. O que me traz de novo a desenterra-lo para a ribalta é o mesmo motivo pelo qual o coloquei primeiramente. Se, antes, o António Primeiro-Minúsculo, chiava de forma tremendamente peculiar, reparem, não é falar, é chiar, agora o António Cativa palavras para depois as usar em situações mais dignas, como coadjuvar com a Catarina do Bloco canhoto e com o dinossauro do Partido da foice e dos martelos marca limitada. Se é para “falar”, ” dialogar”, numa lógica “inteligente” como diz o Primeiro-Minúsculo, quando os fusíveis estão no sitio, então usa-se a famosa táctica do barulho Costista que ninguém percebe a ouvir, mas sente-se no terror de olhar para tal criatura no seu pedestal de mediocridade: As Charadas do Costa, tão raras quanto parvas, o António fala por charadas.

Já agora, o Jorge Jesus está desactualizado, se da outra vez era Jorge Jesus que tinha de evangelizar o Camarada António rumo ao dialecto amadorense total, é hoje Costa que evangeliza 10,5 milhões de almas pensantes rumo à bancarrota com charadas, é por isso que ninguém percebe tal abécula.

Chiça Penico.

Mauro Pires

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s