CONTRAPRODUCENTE!

Antes de mais – e só para quem não me conhece, quero fazer uma declaração de interesses: sou pró-israelita desde a fundação de Israel, que ocorreu 13 anos antes de eu ter nascido!

E sou pró-israelita pela mesma razão que sou pró-curdistanês : por acreditar que um povo, todo e qualquer povo, merece ter uma pátria.

E se tivesse de escolher um povo neste planeta, com uma identidade única, inquestionável, historicamente documentada, seguidora de salutares princípios civilizacionais, um povo que possa representar o melhor da raça humana, escolheria, obviamente o povo judeu.

O povo de Yaakov, de Abraão, de Moisés, de David e de Salomão!

Um povo que foi escravizado pelos faraós egípcios, pelos assírios, ocupado pelos romanos, perseguido pelos reis ibéricos, gaseado pelos socialistas hitlerianos. Um povo que durante séculos contribuiu para o progresso da humanidade e dos países que os acolhiam. A Portugal coube, entre outros, Garcia da Horta e Pedro Nunes, sendo David Ricardo, discípulo de Adam Smith, originário de uma família judaico-portuguesa, expulsa por um rei de que não me quero lembrar.

Um povo de 17 milhões de pessoas, das quais somente cerca de metade vive em Israel, deu à humanidade:

35 Prémios Nobel da Química;
64 Prémios Nobel da Medicina:
54 Prémios Nobel da Física;
15 Prémios Nobel da Literatura;
29 Prémios Nobel da Economia

E mais não sei quantos Prémios Nobel da Paz – não digo quantos, já explico porquê!

Pronto, digo já. Porque os Prémio Nobel da Paz são uma palhaçada: árabes atacam Israel, visando a sua destruição, levam uma coça, arrependem-se, assinam um tratado de Paz, e os palermas de Oslo dão um Prémio a cada um dos outorgantes do Tratado de Paz. O que é bom para o povo árabe, porque se não fossem estas guerrinhas não tinham prémio nenhum!

De modo que sempre que um yasser arafat ou um mohamed begin congemina protagonismo universal mais não tem que fazer do que atacar Israel e levar a correspondente humilhação de derrota, imediatamente antes de receber o dito prémio que lhes satisfaz o ego.

Não, esse tipo de Prémio Nobel, não conta.

O que conta é o Nobel que reconhece o talento, o estudo, o avanço de ciência, o de contributo para o conhecimento da humanidade. Premiar com um Nobel quem inicia o ataque a inocentes, revela só a estupidez de quem o atribui – que em nada é atenuada pelo facto de o atacante acabar por assinar um qualquer acordo de paz.

Vem isto tudo a propósito de ter hoje, Donald Trump, Presidente dos Estados Unidos da América, reconhecido Jerusalem como capital de Israel.

Celebro a coragem do POTUS por reconhecer a capital de todos os judeus, não somente do país Israel. A cidade que os judeus construíram há 3 mil anos e que foi destruída vezes sem conta, por invasores estrangeiros, sendo re-construída, também vezes sem conta, pelo povo escolhido.

Já é tempo de que todo o mundo reconheça a eterna capital dos judeus.

Qual não é a minha sorte, quando vejo que o governo português (sim, pode ser assim em minúsculas) pela voz do mui ilustre Ministro dos Negócios Estrangeiros, dizer que

Governo português defende que decisão de Trump é “contraproducente”

e, logo a seguir, Sua Excelência o Sr. Presidente da Républica, Marcelo Rebelo de Sousa, afirma, igualmente convicto, que,

Presidente da República afirma que Portugal está preocupado com gestos contraproducentes

paro o Hatikva!

e digo para mim mesmo, “Imbecis!” e coisa e tal, que é coisa que digo muito, sempre que leio imbecis…

e ficaria por aqui…

Estas nulidades sabem do que falam? A opinião deles interessa a alguém?

Mas eles sabem o que quer dizer contraproducente? Contraproducente é algo que é contrário ao fim em vista. Mas sabem eles qual é o fim em vista de cada uma das partes?

Leram eles o kuran ( também em letra pequena que isto também é merda), nomeadamente o

“The Day of Judgement will not come about until Muslims fight the Jews, when the Jew will hide behind stones and trees. The stones and trees will say O Muslims, O Abdullah, there is a Jew behind me, come and kill him.”

… Mas recebo uma mensagem do Mauro: “não dizes nada sobre a decisão do tio Trump?” paaaah, acreditem, este Mauro lê-me o pensamento.

Mauro, que queres que diga?

Queres que ache estranha a utilização do mesmo vocábulo “contraproducente” – mas, não estás tu farto de saber que estes Dupond & Dupont alinham pela medíocridade?

Queres que diga que é tão tonto um como o outro?

Queres que diga que estão bem um para o outro? Que duas nulidades não fazem um político decente e relevante?

Queres que diga que estou feliz pelo Trump ter reconhecido Jerusalem como capital do único país civilizado do Médio oriente?

Queres que diga que tenho vergonha de ser de um país que perseguiu o povo eleito?

Queres que diga que é uma vergonha que um qualquer estado queira decidir qual deve ser a capital de outro Estado?

Queres que diga que fico contente por um político ter cumprido uma promessa eleitoral?

É isso?

Queres que diga que amo Israel?

Queres que diga que amo Jerusalém, cidade que visito quase todos os anos? Pois bem, aqui tens: “AMO JERUSALEM”!

אני אוהב את ירושלים

Amo-te Jerusalém por seres a cidade mais avançada da civilização ocidental, antes de chegar ao mundo bárbaro, ocupado por aqueles que te querem destruir.

Amo-te Jerusalém por seres a primeira defesa do nosso mundo contra os islâmicos!

Amo Jerusalém como FAROL DA HUMANIDADE!

אני אוהב את ירושלים

AMO-TE JERUSALÉM!

 

Anúncios

Um comentário em “CONTRAPRODUCENTE!

  1. Que comentar eis a questão….Os hipócritas e incompetentes dizem sempre….sempre “cobras e lagartos” dos competentes e não hipócritas, está na história antiga e recente. Eles os incompetentes objectivam conseguir ou tentar conseguir obscurecer os que fazem história com rasgos de estadistas para que eles (incompetentes) se façam notar…é triste mas é a realidade.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s