E que tal aprendermos com Belmiro?

Nenhum comentário

Podia sinceramente colocar um título populista e vistoso para chamar a atenção, como:” Jerónimo é um cretino”, apesar de tal frase ser verdade, mais para a frente no texto desenvolvo a ideia, Belmiro não merecia tamanha imundice. Muitos, ao longo dos anos, lhe chamaram “Merceeiro do Norte”, aquele que “roubou o que já estava feito”, e agora estão todos com lágrimas de crocodilo a lamentar a morte de Belmiro, cretinice não é comigo sinceramente, temos que ter espinha dorsal e opinião, há quem não goste do Ex-Senhor SONAE, está no seu direito, mas depois mudar o jogo só porque o contexto mudou e é tremendamente giro chorar por algo que não se gosta só por ficar bem não fica nada bonito a determinadas pessoas.

Vamos ao que interessa. O que é Portugal? É um País de boa gente? Sim é! Trabalhadores? Sim, mas nem todos. Capazes de passar por qualquer adversidade? Sim senhor! Até aturamos os piores políticos do Mundo. Defeitos? Vamos a eles! O povo português, em geral, REPITO, GERAL, é invejoso? É! Quem tem sucesso alheio sem o padrinho em Portugal e se nos gabamos dos feitos, é porque não somos humildes, não somos coitadinhos, não adoptámos a táctica do respeitinho mas acima de tudo, e isto é doentio, é porque é CAPITALISTA, explora as pessoas e paga baixos salários. Vamos por partes, um povo como o Português ostracizado com 40 anos de ditadura, mais o PREC e políticos socialistas, em mistura com os índices educacionais que temos, o que se esperava? Milagres da Rosa?! Um capitalista, hoje isto parece pejorativo, é alguém que arrisca o seu dinheiro que depois se transforma em capital, porquê? Porque ao serviço da produção. Quem constrói uma organização empresarial tanto pode ganhar no futuro como pode perder tudo num só momento,  os capitalistas, aqueles que pagam salários, falo dos honestos, não dos hernestos, não fazem um favor a ninguém, porque por conta e risco investem para aumentar os seus rendimentos fruto de esforço pessoal, contratando trabalhadores para o efeito(e máquinas mas não vamos ao economês).

Belmiro é raro, é raro pelo simples facto de no País dos invejosos ter colocado a SONAE dos anos 80 em ponto pequeno, num dos maiores grupos empresariais portugueses, é raro porque é independente, não precisou dos favores da oligarquia de Lisboa e de Cascais, é raro porque tem espírito crítico, algo que falta ao povo do mexilhão, é raro porque Belmiro é Belmiro é ele próprio, tinha marca própria e registada. No fundo ficamos sem um verdadeiro empresário, tal como Américo Amorim, que tinha visão, um pecado em Portugal, alguém visionário, com ambição e com capacidade de olhar o que ninguém vê tem que ser eliminado, tanto medo do sucesso só demonstra que o Portugal Bafiento ainda ronda por ai. Estamos melhores, mas em pleno século XXI já devíamos ter algum juízo, só um infinitésimo, para variar meus senhores… Só para variar!

Regressando ao Jerónimo. O PCP votou contra o voto de pesar na Assembleia da República sobre a morte de Belmiro. Não crítico, o PCP mantém a sua linha ideológica, é coerente, tal como sou coerente em desdizer o que disse no início do texto que Jerónimo é cretino, mas não é, ele tem espinha dorsal, o PCP é sim um NADA, um Partido sugador dos dinheiros públicos sendo o Partido Comunista com mais influência num País da Europa Ocidental. Não vale a pena criticar, eles um dia desaparecem, gastar latim com ninguém é mesmo que dizer que António fala Português.. Bem não vamos por aí.

Adeus Belmiro, que a sucessão esteja à altura!

Mauro Pires

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s