Doutor Costa, não contenha as emoções

Nenhum comentário

Em tempos de circo nacional quem diz disparate é rei, mas quem é sério é um corpo estranho no meio de tanto mediocridade alheia. De tantos artigos que já se fez, da esquerda à direita, até eu, durante estes dois anos de Governação de Costa, repare-se que não se discute o País, o seu futuro, o futuro dos nossos netos e filhos, mas sim o futuro de uma criatura que tem um ego maior que o de José Sócrates, mas este difere do Filósofo de Paris em uma coisa, são iguais em tudo, menos na frieza, Costa é frio quando está por cima, atarantado quando está por baixo, em situações de pressão extrema as cuecas do Sr.Primeiro-Minúsculo tem a cor de Carvalhos mais velhos, mas o seu sorriso levemente cínico abafa o cheiro nauseabundo do Ex-Babush de Lisboa.

Um Primeiro-Ministro de um País, para mim, falo do perfil que na minha óptica devia ter, tinha que conter um elemento de seriedade central, tanto português refinado para se dizer que deveria ser um Homem minimamente sério e interessado em resolver problemas de fundo do País, pelo menos um Político normal num País normal seria assim. António Costa não é isto, não é serio, não transmite seriedade e nobreza de carácter, transmite sim a nobreza feudal da oligarquia de Lisboa e da politiquice de um Político que não conhece o País profundo, mas sim as melhores festas, as melhores comidas, os melhores sítios e as melhores famílias. Daí aquela arrogância esfíngica que este transmite, pensa que é mais esperto que os outros, que está um passo à frente de todos, mas afinal enganou-se, tantas habilidades para manter uma mixórdia governamental que se esqueceu dos constantes avisos, de quem conhecia o Pinhal de Leiria, que este não esta limpo, não quis saber, olhe o resultado.

Portugal tem sido uma manta de retalhos de altos e baixos nos últimos 43 anos de democracia, o País profundo consegue unir sempre os cacos dos políticos da esquerda à direita que teimam em arruinar os esforços individuais de cada um para construir o seu futuro. Difícil é encontrar um Governo que pense somente no País, Costa não pensa, ou melhor, pensa é em utilizar o País e o orçamento, logo, o dinheiro de nós todos, para fazer campanha a céu aberto, como se de qualquer esgoto ao livre fosse. Neste tempo em que é Primeiro-Ministro, não eleito claro, não me lembro de nenhuma medida estrutural de fundo, nenhuma! Não chega a economia privada estar a crescer e a sustentar um orçamento gerido com pinças, esta está asfixiada com impostos e taxas e não tem capital, o nosso potencial de crescimento continua baixíssimo, o crescimento deste ano era o que devíamos ter todos os anos, mas infelizmente para o ano voltamos ao mesmo de sempre, crescimentos fracos e mais uma década perdida.

Passos Coelho, vou falar dele não me interessa, pode ter muitos defeitos, não reformou tudo, recorreu em demasia a aumentos de impostos, verdade que muitas vezes não tinha escolha, mas ao menos era sério, podem vir dizer que prometeu não cortar os subsídios de férias e natal à função pública, disse de facto, mentiu, fez mal, mas arrepiou caminho e pensou no País, não foi populista, sei que é bonito ser, mas esse ao menos teve sentido de Estado, coisa que certas criaturas não eleitas não tem. Costa vai cair, de podre, vai, e Marcelo já viu que a Costa o País não interessa, só o poder, ele não quer ficar chamuscado, tem uma popularidade a manter, não é Xor Presidente?

Marcelo, na queda do seu ex-aluno de direito, não se esqueça dos lencinhos com cebola por baixo, as emoções do Primeiro-Minúsculo tem que sair para fora. Vá lá Costa, todos choram.

Mauro Oliveira Pires

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s