Jerónimo já pode usar a foice e o martelo

2 comentários

A saída de Passos não estava nos cálculos nem de Costa nem de Marcelo. Ambos foram apanhados desprevenidos contando com a famosa persistência e teimosia de Passos. Enganaram-se, Pedro Passos pensou, e bem, que queimar em lume brando perante um governo populista e com controlo da comunicação social era assassinato político certo.

Podemos sempre argumentar que parte da população que, ajudou Passos ganhar, estaria lá outra vez, talvez sim, mas depende de inúmeras variáveis, como as reformas estruturais, as poucas, que Passos fez, afinal deixaram a economia mais forte do que se previa, o crescimento da economia pode ser fruto do trabalho conjunto entre politica estrutural e iniciativa privada, mas o crescimento está no mandato de Costa e para publicitário o Primeiro-Ministro tem jeito.Um governo que não estragou o essencial que o governo de Passos fez colhe agora os frutos e, em tempos de festa, é difícil desligar a música.

Se  Costa contava com Passos ficar para ter maioria absoluta, ficando assim com um elemento vivo da oposição do rosto da austeridade da troika, já não tem esse trunfo e mesmo um líder do PSD do tempo do dinossauros que tenha uma votação um pouco superior a este, será o suficiente para que Costa não tenha a tentação de saltar do barco. Um PS a governar em minoria, mas sem as muletas canhotas, será o princípio do fim de um discípulo de ditador khadafiano.

Depois da aprovação do Orçamento de Estado, Jerónimo estará livre para chicotear lentamente o seu amigo António que lhe deu uma pantufada com a Câmara de Almada a ir para o Partido das rosas. A vingança vai ser servida ao pequeno almoço, nada que a dupla Jerónimo e Arménio já não saibam. As ruas já precisavam dos amanhãs que cantam destes nossos camaradas da Atalaia, das grândolas, do governo para a rua. Jerónimo perdeu 9 câmaras, mas não perdeu o poder sindical, que pode desgastar António Costa, mas que já destruiu o País com Vasco Gonçalves e não deixou fazer mais reformas  em tempos de ajustamento. O poder do PCP é inigualável em Portugal e em qualquer País da Europa Ocidental, que aliás, é o que tem mais força, depois continuamos a pensar o porquê de sermos em termos de desenvolvimento económico mais “atrasados” que os outros Países.

A resposta é óbvia, mas é ainda mais óbvio que a bengala do poder mudou de mãos na mixórdia governamental. Agora é Jerónimo quem dita as regras, o comer, a sopa, as senhas de racionamento dos pequenos almoços e lanches dos míudos Costa e Catarina. Se Costa queria paz social podre, ainda a tem, agora vai experimentar o veneno do seu abraço de peluche ao partido da foice e do martelo. Caro Costa, já não há Passos! Para onde vão as culpas? A culpa dos rissóis crus nas escolas, por falta de óleo, é de quem? Não é do Passos, é da neoausteridade socialista, perdão! Geringonçal, agora é a três.

Os três entraram de pés juntos, os três vão cair juntos. É a troika dos desajeitados.

Mauro Pires

Anúncios

2 comentários em “Jerónimo já pode usar a foice e o martelo”

  1. Há coisas que eu não consigo entender nem concordar minimamente com este artigo do Mauro. Este governo, em face da herança que teve de PPC devia estar ao tempo a pagar dívida e não a aumentar. A brincar já subiu mais de 20 MM de euros. Estes gajos deviam estar a arder no Inferno. O Conselho que dou aos meus filhos é pirem-se daqui o mais depressa possível!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Também me farto de dizer isto, só que eles só querem utilizar a herança do Passos para ciclos eleitorais, só isso caro amigo. A dívida continua a galopar. Infelizmente só aprendemos quando batemos com força.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s