Passos Coelho não está morto meus caros

Vamos deixar-nos de patetices politicamente correctas e de questões filosóficas inúteis que não interessam para boi dormir. Vamos ao ponto. Que tipo de políticos temos em Portugal? Vamos a descrições: Ignorantes, tem cultura, mas do socialismo de raspar o tacho, assaltam orçamentos, tem visão de curto prazo, são políticos de cartilha e amorfos não gerando empatia nem com uma sardinha morta. Além disso preferem sobrecarregar os seus eleitores com impostos e não cortam efectivamente despesa pública. É este o cenário com que trabalhamos: MEDIOCRIDADE.

Nestes 43 anos de democracia encapotada tivemos a “direita” a governar perto de 20 anos com períodos de reformas estruturais, períodos de crescimento e, no fim do Cavaquismo, inércia que levou à sua queda. Também houve erros porque tanto Cavaco como Mário Soares, o resto continuo, alimentaram o monstro chamado função pública que hoje atinge um peso na despesa pública que já ninguém comporta. Da direita à esquerda todos partilham da mesma ideologia: SOCIALISMO, muitos poucos escapam. O líder mais liberal, responsável e ético durante tantos anos até agora foi Passos Coelho. Gostem ou não dele teve espírito de sacrifício pelo País coisa que quase nenhum político português teve em 43 anos. Não é um mar de rosas, mas é um único farol de esperança em tanto lago de cobras onde nos metemos.

Nos quase 8 anos que Passos está à frente do PSD, Passos já foi dado como morto mais de mil vezes mas sobreviveu. Passos não ia derrotar o animal feroz Sócrates, derrotou. Passos não ia tirar Portugal do resgate onde outros o meteram, tirou(apesar de que a TROIKA podia ter ficado cá mais uns aninhos…), Passos ia perder as eleições legislativas e Costa ia esmagar, Passos ganhou com maioria relativa e ficou a 9 deputados da maioria absoluta depois da maior tempestade financeira de sempre, depois tem a imensa lata de dizer que o Homem está morto como o anão Marques Mendes disse nno passado domingo.

Sei que mexer na oligarquia socialista de esquerda e de direita em Portugal é morte certa, Passos mexeu logo é alvo a abater. Como já disse aqui no blog, se Passos está morto porquê que batem num nado morto? Se está morto não se deixa em paz? Ou será que o povo não é parvo e ainda se lembra que existe alguém que é decente mas salvou o País? Ou que Costa, a responsabilidade das palavras são minhas, é um severo aldrabão que fez uma “coligação” governamental sombra e não disse nada a ninguém?! E que não fomos ao fundo mais rapidamente, obrigado Mário Centeno, porque se continuo com uma política restritiva no orçamento, vulgo austeridade?

Se Costa faz o mesmo que Passos, mas mal, prefiro votar em quem tem intenções de mudar verdadeiramente o País para melhor. Sendo eu liberal, a direita portuguesa não é, mas acima de tudo pragmático, tenho que votar em alguém, e Passos com todos os seus defeitos mostrou ser um Homem confiável  e prestável para o País. Vai ser de novo Primeiro Ministro? Aposto que sim, mas se não for o País tem uma imensa dívida para com ele, e não é daqui a uns anos é agora! Porque esta estabilidade é fruto de trabalho, ainda que falta fazer mais, conjunto de Passos e de todos os restantes agentes económicos, empresas e famílias no seu todo.

Mauro Pires

Anúncios

Um comentário em “Passos Coelho não está morto meus caros

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s