Passos Coelho não está morto meus caros

Vamos deixar-nos de patetices politicamente correctas e de questões filosóficas inúteis que não interessam para boi dormir. Vamos ao ponto. Que tipo de políticos temos em Portugal? Vamos a descrições: Ignorantes, tem cultura, mas do socialismo de raspar o tacho, assaltam orçamentos, tem visão de curto prazo, são políticos de cartilha e amorfos não gerando empatia nem com uma sardinha morta. Além disso preferem sobrecarregar os seus eleitores com impostos e não cortam efectivamente despesa pública. É este o cenário com que trabalhamos: MEDIOCRIDADE.

Nestes 43 anos de democracia encapotada tivemos a “direita” a governar perto de 20 anos com períodos de reformas estruturais, períodos de crescimento e, no fim do Cavaquismo, inércia que levou à sua queda. Também houve erros porque tanto Cavaco como Mário Soares, o resto continuo, alimentaram o monstro chamado função pública que hoje atinge um peso na despesa pública que já ninguém comporta. Da direita à esquerda todos partilham da mesma ideologia: SOCIALISMO, muitos poucos escapam. O líder mais liberal, responsável e ético durante tantos anos até agora foi Passos Coelho. Gostem ou não dele teve espírito de sacrifício pelo País coisa que quase nenhum político português teve em 43 anos. Não é um mar de rosas, mas é um único farol de esperança em tanto lago de cobras onde nos metemos.

Nos quase 8 anos que Passos está à frente do PSD, Passos já foi dado como morto mais de mil vezes mas sobreviveu. Passos não ia derrotar o animal feroz Sócrates, derrotou. Passos não ia tirar Portugal do resgate onde outros o meteram, tirou(apesar de que a TROIKA podia ter ficado cá mais uns aninhos…), Passos ia perder as eleições legislativas e Costa ia esmagar, Passos ganhou com maioria relativa e ficou a 9 deputados da maioria absoluta depois da maior tempestade financeira de sempre, depois tem a imensa lata de dizer que o Homem está morto como o anão Marques Mendes disse nno passado domingo.

Sei que mexer na oligarquia socialista de esquerda e de direita em Portugal é morte certa, Passos mexeu logo é alvo a abater. Como já disse aqui no blog, se Passos está morto porquê que batem num nado morto? Se está morto não se deixa em paz? Ou será que o povo não é parvo e ainda se lembra que existe alguém que é decente mas salvou o País? Ou que Costa, a responsabilidade das palavras são minhas, é um severo aldrabão que fez uma “coligação” governamental sombra e não disse nada a ninguém?! E que não fomos ao fundo mais rapidamente, obrigado Mário Centeno, porque se continuo com uma política restritiva no orçamento, vulgo austeridade?

Se Costa faz o mesmo que Passos, mas mal, prefiro votar em quem tem intenções de mudar verdadeiramente o País para melhor. Sendo eu liberal, a direita portuguesa não é, mas acima de tudo pragmático, tenho que votar em alguém, e Passos com todos os seus defeitos mostrou ser um Homem confiável  e prestável para o País. Vai ser de novo Primeiro Ministro? Aposto que sim, mas se não for o País tem uma imensa dívida para com ele, e não é daqui a uns anos é agora! Porque esta estabilidade é fruto de trabalho, ainda que falta fazer mais, conjunto de Passos e de todos os restantes agentes económicos, empresas e famílias no seu todo.

Mauro Pires

Anúncios

2 comentários em “Passos Coelho não está morto meus caros

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s