Há coisas que não se entende

Todos já nos apercebemos à que tempos o que a esquerda Portuguesa pensa, muitas vezes, que está a falar para burros e carneiros sem chifre que não fazem mal a um boi. A esquerda fala sempre sobre a lógica da batata nunca passa disso. Cria artifícios pirómanos para a comunicação social colocar a circular para enganar o pagode, e assim,”apagar” qualquer notícia menos boa que faça corroer alguma popularidade do tirano Costa.

A esquerda pode chamar tudo a Cavaco Silva: Múmia, esqueleto andante, espantalho, Senhor BPN e acusar sem provas, mas Cavaco não lhes pode dar nenhuma pantufada! Era logo acusado de deselegância, não era digno de ser Presidente da República e todo o conjunto de parvalhices canhotas que os nossos fofinhos inventam. Cavaco tem uma virtude que gosto: Não gosta de políticos profissionais, vestiu a pele de político criando uma espécie de entidade superior a todos eles uma espécie de Primeiro-Ministro ou Presidente da República vindo do povo e não das Castas das cortes de Lisboa.

Cavaco teve as suas virtudes e erros, conseguiu através de uma mudança constitucional aprovar um regime legal favorável à privatização das empresas que tinham sido nacionalizadas pelo PREC comunista de Vasco Gonçalves. Liberalizou a economia portuguesa e reformou as finanças públicas. O País deve-lhe isso, mas também lhe deve o actual Estado gordo na função pública e essa rigidez de despesa pública que logo o PS de Guterres  e Sócrates( Durão Barroso foi mais do mesmo), logo aumentaram o monstro para níveis indomáveis que hoje conhecemos e nos prende as liberdades individuais quer das famílias quer das empresas.

Cavaco deu uma aula na anual Universidade de Verão do PSD( Não gosto de Universidades de Verão de Partidos, um dia explico porquê), e teve o tom que as virgens ofendidas da esquerda normalmente tem, e ainda bem, Cavaco esteve muito bem no conteúdo e ainda melhor na forma. Para se conversar com um esquerdista utilize-se as suas técnicas, não gostam nada, mas a táctica do barulho sempre lhes diminui a bazófia.

Mas falou-se tanto da personagem Cavaco que até se esqueceu do conteúdo, terá Cavaco razão? Vamos a contas:

  1. Cavaco: Críticas ao Governo- “Finge que pia mas é apenas por jogadas partidárias”, e aos partidos da “coligação”, que defendem a saída do euro para “outra galáxia, talvez para a galáxia onde vive a Venezuela”. Ora Cavaco toca neste ponto e muito bem, Costa não ia virar a página da Austeridade? António Costa não criticou Passos Coelho dizendo que este:” Tem obsessão pela Austeridade“. E depois o grande Costa, quando Bruxelas disse que ia impor sanções, não aplicou o plano B das cativações e corte no investimento público? Não existe tanta falta de incoerência e lata nisto?
  2. Cavaco: Críticas em geral a nível interno utilizando referência europeia- ” Esta estratégia contrasta com a verborreia frenética da maioria dos políticos europeus, que não dizem nada de relevante”- Arrisco que Cavaco fale de Macron mas o mesmo não se referiu a ninguém. Ora, Cavaco não pode dizer que os outros tem Verborreia, mas o ex-candidato Presidencial do PCP Edgar Silva pode chamar a Cavaco: “ Múmia sem coração” e Miguel Sousa Tavares a chamar palhaço e múmia igualmente. Cavaco tem que ficar calado, os outros podem lhe bater. Como diz um filosofo da nossa Praça: É DOR DE COTOVELITE.
  3. Cavaco: Fala da revolução socialista e dos devaneios de Hollande, Tsipras e Costa:  “realidade tira sempre o tapete à ideologia”; “A realidade acaba sempre por derrotar a ideologia, e isso projeta-se com uma força tal contra a retórica daqueles que no Governo querem realizar a revolução socialista que eles acabam por perder o pio. Ou fingem apenas que piam, mas são pios que não têm qualquer credibilidade porque não são mais do que jogadas partidárias”.

Vamos a fotos para o facto número 3:

tsipras.png
Jornal Público, Janeiro de 2015

Isto é num cenário utópico tipo Shangri-la ou mundos noutro submundo qualquer… Depois vem a realidade, e é ai que o Costa torce o rabo.

 

costa_tsipras
Costa e Tsipras em reunião contra a austeridade. Jornal Económico 2016

Passado um ano, Tsipras inverte o discurso e aplica o novo programa da Troika. Costa tinha acabado de usurpar o poder, estava em fase criança.

BE

 

Depois vem Costa, o Orçamento derrapava, havia água no chão e todos se espalhavam, a economia desacelerava. Então, o camaleão mor do reino, disse numa primeira fase mentirosa repulsiva que:” Não era necessário plano B”.

costa.png
Fonte: Diário de Notícias, Fevereiro de 2016

Bruxelas avisava que era necessário, eles faziam ouvidos de marcador, estava tudo bem até que o Mundo mudou…

exp.png
Expresso; Outubro de 2016

Depois de se rejeitar o óbvio, lá se cativaram(congelaram), 1000 milhões de euros e se colocou o investimento público aos níveis do Estado Novo. Atenção, cortar o investimento público é bom(depende das áreas), mas em geral estamos a diminuir a presença estatal na economia e a libertar os agentes económicos. Mas uma esquerda que sempre encheu a boca com isto e que agora faz precisamente o contrário não tem credibilidade nenhuma em falar dos outros. O País não foi ao fundo, ou esta a ir mais devagar, porque a mixórdia governamental está a governar às direitas e faz muito bem. Cavaco tem razão, tanta incoerência é verborreia a mais, e ainda querem que o Homem sejam mansinho…

Há coisas que não se entende

Mauro Pires

 

 

Anúncios

Um comentário em “Há coisas que não se entende

  1. Sempre votei em Cavaco Silva——-fi-lo por exclusão de partes . Cavaco desiludiu-me de modo indesculpabel……………já aqui disse varias vezes o motivo da minha desilusão. Cavaco não merece o meu respeito, mas, como disse, não tinha melhor em quem votar………hoje nem votaria .– tenho dito

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s