O grande favor de Ricardo Salgado a Passos Coelho

Ricardo Salgado utiliza a táctica de qualquer socialista moribundo: A Táctica do barulho. Todos tem culpa, até o sol, menos Ricardo Salgado, quem faliu o GES e quase faliu o BES foi o contabilista, Passos Coelho e o “coiso”, não Ricardo Salgado até aqui verificamos outra táctica: A táctica da demagogia e da parvalhice. Estamos a pintar um retrato de um socialista? Claro que sim! É isso que Salgado  é, pois criou e beneficiou de uma rede de contactos e negócios entre a banca, as empresas e o Mundo político que encheram os bolsos de muitos e armadilharam a economia portuguesa impedindo-a de inovar e crescer, pois antes, e ainda hoje, existem um grupo de lobbys e grupos de pressão que não deixam reformas estruturais avançarem pois isso mexeria com a sua fonte de dinheiro.

Ricardo Salgado pensava que uma das fontes de dinheiro, a governamental, ainda era farta e que bastava mexer cordelinhos para jorrar euros, mas Salgado pensava que estava a lidar com um qualquer Sócrates e socialista desta vida e levou um chute no rabo de Passos Coelho. Foi aqui que se cortou, espero eu, definitivamente, a principal teia de negócios entre a banca e a política, pelo menos entre a “direita” e a banca mas o usurpador Costa logo voltou aos negócios, entregando ao desbarato o Banif ao Santander. Salgado acusou Passos de que:” Passos Coelho não só chumbou a operação de financiamento (solicitada pelo Banco de Portugal) como publicitou essa recusa. Isto é o colapso final!” e que:” Qualquer outro governo com o mínimo de responsabilidade e sem intuitos populistas teria evitado a resolução de um banco com a dimensão do BES”.

Ou seja, vamos ver se percebi, arruíno um banco e venho pedir batatinhas para aquilo endireitar com o dinheiro dos outros, a pessoa que recusa é honesta e integra e recusa o pedido porque ia ser ruinoso para o País e ainda é acusado de destruir o BES. Ricardo Salgado, o Júlio de Matos é já ali. Agora entendem o porquê do amigo de Salgado, Marcelo Rebelo de Sousa, vulgo Marsefie, quer tirar Passos do PSD? Mexe-se com os amigos do Professor e com a Maçonaria tem o direito a levar, como diria Jorge Coelho.

Um dos problemas deste País é que, encontrar um político decente, é como encontrar um cérebro no crânio de António Costa, logo possibilidade zero, da esquerda à direita. Passos Coelho pode ter imensos defeitos, mas há um que não têm, é integro e decente e isso vale de muito, pelos menos para mim. Salgado ainda não se apercebeu que, indirectamente, disse que Passos era o melhor Primeiro-Ministro em democracia.

Aconselho internamento urgente do Dr.Salgado com uma réplica de um peluche do Engenheiro Pinto de Sousa, vulgo Sócrates. Porca Miséria.

Mauro Pires

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s