A Europa e o Governo estão a gozar connosco.

Sempre que Portugal, recebe uma grande organização, existe sempre o mesmo folclore provinciano de sempre. Muitos Países europeus querem receber a famosa Agência Europeia dos Medicamentos, quer pela importância que representa a nível do que são os recursos humanos presentes, altamente qualificados, como as sinergias que daí advém. Ora, cada País tem que lançar uma cidade do seu País em regime de concurso público interno, o caso Português não houve concurso e escolheu-se a sugadora de dinheiros públicos Lisboa.

Nos outros Países europeus escolheram cidades sem ser a capital, à excepção de alguns, mas onde o regime de descentralização já é tradição, e que cujas capitais até nem costumam ter assim tantos serviços quanto isso. A cidade do Porto era, em Portugal, das que fazia mais sentido a escolha, essencialmente pela excelente faculdade de Medicina que tem, das melhores faculdades farmácia do País e um excelente Cluster de economia da saúde e a sede da maior farmacêutica portuguesa(BIAL). O País centralista mesmo assim escolheu Lisboa.

O processo de escolha de Lisboa não foi só por questão de centralismo bacoco, mas porque a cidade/País onde se vai localizar a Agência Europeia do Medicamento já está escolhida. Sim, o leitor ouviu bem, a cidade já está escolhida, mesmo sabendo que o processo ainda não está supostamente  finalizado.  A Agência vai para Estrasburgo, e está à muito escolhida. O problema disto é a lata que António Costa e Marcelo sabendo disto, continuam com a mesma lenga lenga e hipócrisia sobre trazer a Agência para Portugal. E a Europa a fingir que os concursos públicos valem alguma coisa.

Agora, o porquê desta decisão? Neste momento há uma semana em que o Parlamento Europeu deve reunir-se em Estrasburgo ao contrário de Bruxelas, foi um dos acordos que a França fez para fazer parte da CEE. É um custo brutal porque todos os deputados e trabalhadores tem que se transferir uma vez por mês, de Bruxelas para Estrasburgo e não faz sentido nenhum para além da politiquice nacional. O Macron, que não é burro, aproveita o Brexit para captar a Agência e larga a exigência de ter a semana em Estrasburgo do Parlamento Europeu, que é inteligente, é o que faz sentido, e concentra o parlamento em Bruxelas como deve ser. Ganhamos todos com isto pois somos todos nós que pagamos as deslocações a Estrasburgo.

Mas ao menos digam que os concursos são uma autêntica farsa, porque afinal, as jogadas de bastidores ainda imperam na Europa e com muita força.

Mauro Pires

P.S: Esta informação foi me entregue por uma pessoa que não se quis identificar, mas agradeço o feito para continuarmos a desmascarar o politicamente correcto, que apesar de tudo, é mais hipócrita do que pensávamos.

 

Anúncios

2 comentários em “A Europa e o Governo estão a gozar connosco.

  1. “Esta informação foi-me entregue por uma pessoa que não se quis identificar”? Linda fonte, sim, Minhas Senhoras e Meus Senhores! Este Sr. Mauro Pires é, seguramente, o maior prestidigitador da rua em que mora. Pega numa informação com pai absolutamente incógnito e, de uma penada, chama hipócritas, com todas as letras, ao Presidente da República Portuguesa e ao Primeiro-Ministro de Portugal e, de caminho, acusa a Europa de “fingir que os concursos públicos valem alguma coisa” – sic. Um verdadeiro génio, para além de pires.

    Curtir

    1. Oh “Tempero”, a pessoa em causa conheço muito bem, digo que não se quis identificar porque eu podia ter escrito o nome da pessoa, a mesma é que não quis. A fonte é governamental, se gosta de ser enganado é consigo. Um génio, além de Tempero.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s