Marcelo! E a Venezuela?

Os Portugueses sempre tiveram o grande espírito do “desenrasca” e de terem dos maiores espíritos de luta, quando querem, do Mundo surpreendendo pela capacidade de lealdade, amizade e de trabalho com o próximo. Não somos especiais, somos portugueses, um País com quase 900 anos de história e com as fronteiras mais bem definidas, poucos Países podem dizer o mesmo.

Temos é um problema, como se diz no norte, dos canecos. Temos políticos completamente ignorantes, sem sentido de Estado nenhum e que originam o maior conluio entre empresas privadas e públicas, veja-se o caso do amigo de Costa, Lacerda Machado, que agora faz parte do conselho directivo da TAP. Se nos livrássemos deles era o melhor, mas vamos ter que os aturar, é que primeiro, temos que dar literacia a um povo que precisa dela, só assim podemos fazer melhores escolhas e não cair no conto do vigário.

Depois temos Marselfie, o nosso ternurento, fofinho e todo afectuoso, Presidente, esquece-se de uma das grandes comunidades portuguesas que não visitou. Já fez o habitual rodízio Moçambique, Cabo-Verde e Brasil faltando Angola no cardápio. A Venezuela alberga, em números oficiais, 400 mil portugueses podendo com luso-descendentes chegar aos 1,3 milhões de portugueses. São poucas as comunidades com este tamanho, mas especialmente com os problemas económico-sociais que a Venezuela enfrenta. Sei que é difícil estarmos contra um regime socialista, não é popular nem ternurento, mas Marcelo tem que ao menos espalhar as flores de Lotus que espalha sempre que visita um País, as situações de relativa estabilidade é fácil espalhar afectos, nas situações mais difíceis estou a ver que não. Será que Marcelo é o Presidente ideal para gerir crises? Duvido!

O conjunto de expropriações, digno de PREC à la carte do PCP, que os portugueses e os Venezuelanos estão a ser alvo em conjunto com o terrorismo político de uma ideologia fracassada, Portugal e o Brasil podem explicar porquê, já era tempo da comunidade internacional actuar, porque até os residentes naquele País o desejam. Em vez de Marcelo se concentrar nas beijocas e no seu narcisismo, que se concentre em concertação com o Governo a estabelecer mecanismos de recebimento dos imigrantes luso-Venezuelanos em Portugal. Se pagam casas para refugiados, também alojamos os nossos! Não é assim Marcelo?

Mauro Pires

 

 

 

Anúncios

Um comentário em “Marcelo! E a Venezuela?

  1. Tudo verdade! Vão ser esquecidos pelos políticos do Mundo, principalmente pelos de Portugal e daqui a dias são regressados, mais uma vez usurpados de todos os seus bens, que são uma vida.!Onde estão os EUA, onde está a NATOou inde estamos nós para ajudar esses portugueses?

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s