Meus Senhores, Expliquem Isto!

ng5454132.JPG

Antes que os intolerantes às opiniões divergentes (assentes em factos) comecem a vomitar slogans de ódio, começo por dizer que fui uma apoiante acérrima dos refugiados. Quando se iniciou a tragédia, ao ver milhares de mortes no mediterrâneo com gente a fugir de uma guerra, estremeci. Escrevi muito sobre o assunto e achava que quem se opunha era radical e racista. Sim, eu pensei mesmo isso. Isto porque não compreendia de todo como podiam estar contra as ajudas a quem lutava pela sobrevivência. Até que, com o passar do tempo, sempre atenta a tudo, comecei a ver coisas estranhas às quais parecia não haver resposta. E é precisamente quando vou à procura dessas respostas, que a verdade começa a surgir… 

Sei que há gente muito boa entre os  muçulmanos. Como empresária, já empreguei muitos. Eram muito educados, muito trabalhadores, muito cumpridores. Tanto que, quando me pediram dispensa para o Ramadão, não hesitei em dizer-lhes “sim!” . Já os sérvios, com quem tinha problemas constantes por faltarem ao serviço, cheguei a sentir medo quando os ameaçava com despedimento por não cumprirem seus deveres. Jamais esquecerei o olhar aterrorizador que um deles me deitou. Além destes, tive brasileiros e africanos com quem me divertia imenso. Há de tudo em todo o lado e não devemos generalizar, mas… há um problema que subsiste num deles: a religião.

Sabemos que na Bíblia há de facto passagens violentas sob forma de parábolas, lendas, histórias e narrativas, que a Inquisição matou cerca de 3 mil de pessoas, mas houve ao longo dos séculos uma evolução na sua doutrina, adaptada aos tempos. Sim, há muito ainda por fazer, mas muito também já foi feito. A religião católica HOJE, não mata. Já no Islão, fala-se no imperativo. Dá-se ordens. E que ordens são essas? “[8.39] “GUERREIEM [contra os infiéis] ATÉ que não haja mais incredulidade, e até PREVALECER TOTALMENTE A RELIGIÃO DE ALÁ…” [8.57] “Se entrardes em GUERRA COM OS INFIÉIS, INFUNDA TERROR nos que estiverem por trás deles, PARA QUE SE LEMBREM DISSO depois.” Aqui estão os números: mais de 669 milhões.

O Islão, levado à letra, mata. Indiscutivelmente. Mas o maldito politicamente correcto que disfarça os interesses financeiros dos líderes das nações, faz ainda mais mortes. Porque na verdade, estes irresponsáveis, para disfarçar sua sede de dinheiro, alimenta a ideia de que quem se opõe a esta religião é xenófobo. Uma teoria aliás muito útil para não fechar a torneira aos milhões dos países árabes, que entram para armamento, para clubes de futebol, para comprar dívida pública, para receber refugiados. Dinheirinho bom que no percurso, parte dele se engana no destino final e vai parar aos bolsos de alguns… políticos.

Se assim não fosse, expliquem-me porque toleram no Ocidente, uma religião que impõe a Sharia e em consequência, autoriza o casamento com crianças, a morte a gays, aprova violência doméstica a mulheres. Porque toleram uma religião que faz desaparecer cristãos e judeus. Onde estão os manifestantes europeus multiculturais a condenarem isto?

Expliquem-me Sr. Presidente Marcelo, Sr. Sheik Munir, Sr. Guterres, porque a MAIORIA dos refugiados não são sírios, não são mulheres, crianças e velhos. Porque não fizeram acordo com Arábia Saudita, país próspero e da mesma cultura, para os acolher no seu território. Porque mesmo os que chegam a Portugal fogem sem deixar rasto para a Alemanha, Inglaterra, Noroega ou França se quando fogem da guerra  QUALQUER país é um balsamo. Expliquem porque algumas mesquitas não são abertas a não-muçulmanos como nossas igrejas. Porque APENAS há radicais no Islão.  Porque 77% dos ditos moderados são a favor da Sharia que promove leis medievais violentas. Porque não adaptam a doutrina aos tempos modernos. Porque aceitam uma religião que abomina os valores ocidentais. Porque os ditos moderados não se manifestam efusivamente, FEROZMENTE contra esta minoria radical, juntando-se ao Ocidente no combate e condenação destes terroristas islâmicos. Porque continuam a vitimizar-se apelando à tolerância sabendo que o Mundo inteiro lhes abriu as portas indiscriminadamente e por isso são hoje reféns dessa religião onde ela se impôs.

Enquanto espero pela vossa resposta, oiço Imãs corajosos sem medo de dizerem a verdade. Vejo oradores em mesquitas a elucidar sobre a realidade do Islão. Porque sei que a vossa resposta não virá. Assobiarão para o lado que mais vos convém à espera do próximo ataque desta religião da paz e amor, enquanto hipocritamente  o Mundo ocidental sucumbe.

Porque sei que mesmo que o queiram, jamais saberão explicar-me isto.

Anúncios

2 comentários em “Meus Senhores, Expliquem Isto!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s